30 de janeiro de 2019

PREFEITURA anuncia revitalização das principais ruas do Campeche

Após a conclusão da longa novela do elevado do Rio Tavares, que se arrasta desde meados da gestão municipal anterior, a Prefeitura planeja deflagrar também um amplo projeto de revitalização das ruas mais importantes do Campeche. Isso pelo menos é que garante o novo secretário municipal de Infraestrutura, Valter Gallina. Serão contempladas, de acordo com ele, todas aquelas impactadas pelas mudanças no tráfego em função das obras do equipamento viário.
Desde novembro, com a interrupção dos acessos Lagoa-Sul da Ilha e Sul da Ilha-Lagoa, o único caminho possível para os dois sentidos passou a se dar pelo interior do Campeche, provocando frequentes congestionamentos e muitos desgastes estruturais principalmente nas ruas Pau de Canela, Campeche e Da Capela, sem falar no risco a pedestres e ciclistas. A associação de moradores local (Amocam) chegou a questionar legalmente a mudança imposta ao tráfego local.
Além dessas três, serão contempladas também a Rua do Gramal e a Avenida Pequeno Príncipe, a principal do Campeche.  “Ainda antes de inaugurar o elevado, queremos licitar a contratação dessas obras”, afirmou Gallina, informando que os recursos já estariam assegurados via financiamento bancário. O pontapé inicial dos trabalhos, acredita ele, poderá se dar inclusive ainda dentro do período de festejos do aniversário da cidade. Além da repavimentação geral das vias, está prevista também a construção de ciclovias naquelas em que houver viabilidade, ou ao menos ciclofaixas.
O secretário garante que a conclusão das intervenções deve acontecer integralmente ainda antes da próxima temporada, meta bastante ambiciosa dada a realidade local. Com o crescimento geométrico da região registrado nos últimos dois anos, todas as ruas possuem tráfego diário intenso, mesmo na baixa temporada. A Gramal terá ainda como entrave adicional o início das obras de instalação da rede de tubulações do sistema de esgoto do Campeche ao longo de toda sua extensão, de cerca de dois quilômetros, previsto para acontecer logo após a temporada. (Foto: Divulgação/JC)