OBRAS de esgoto do Campeche param de novo e sistema só deve operar após 2020

evar literalmente mais um tapa na cara. Por falta de repasse de recursos à empreiteira, as incipientes obras da futura estação de saneamento do Rio Tavares – equipamento crucial para operação da rede inacabada de tubulações que dormita há quase 10 anos no subsolo – foram novamente interrompidas. “A empresa (Infracon-MG) montou o canteiro de obras, cravou estacas, mas ficou 90 dias sem receber e parou tudo”, informou o gerente de Construção da Casan, Fábio Krieger. “Isso é natural, ninguém trabalha de graça; por lei, eles podem até rescindir o contrato. Os recursos, conforme ele, advém do Ministério das Cidades, por meio de convênio, cuja renovação ainda não foi sancionada. Com isso, a entrada em operação da nova rede do Campeche – cujo alcance é ainda assim bastante restrito - que se projetava para o primeiro semestre de 2020, agora pode ficar para o distante 2021, impondo pelo menos mais duas temporadas sob as desastrosas condições atuais. Etapa mais complexa da rede em implantação desde 2008, que abarca ainda oito estações elevatórias e 55 quilômetros de tubulações, a obra da estação leva pelo menos 24 meses para ficar pronta após seu início efetivo. O custo do equipamento, projetado para tratamento de esgoto em nível terciário (redução extrema de resquícios orgânicos e químicos) é de R$ 34 milhões. Diante da instabilidade política e econômica, e sucessivas alterações no próprio Ministério das Cidades, as perspectivas não são muito animadoras. “Estamos esperando pela aprovação da renovação do convênio”, assinalou. Outra alternativa seria a realocação de recursos internos da própria Casan, agora sob novo comando, para garantir o andamento das obras até equacionar o imbróglio. Essa solução, no entanto, também é vista como improvável, embora a empresa não se furte de alocar recursos para projetos polêmicos, como a recente recuperação de balneabilidade da orla da Beira Mar Norte. A se estender o imbróglio, talvez o melhor seja se preparar para pegar um banho de mar entre a restaurada(?) ponte Hercílio Luz e a Ponta do Coral, antes que fique restrita a celebridades. (Foto: Divulgação/Arquivo/JC)  

REFÉNS do medo após três meses da enxurrada que devastou região

COMUNIDADE reage à expansão de planta de mineração no Sul da Ilha

APÓS quase três anos, novo posto de saúde do bairro é inaugurado

NOVO atraso empurra conclusão de elevado para véspera do verão

SUL DA ILHA ‘briga’ por acessos após ficar isolado durante chuvas

SOB PRESSÃO de suíços, nova estrada deve ficar pronta em 2019

Radar

HORTA comunitária do bairro faz doação de hortaliças aos sábados

Vitrine

FEELIN, nova marca dos bons negócios imobiliários na região

Artigos

GUARDA compartilhada, melhor alternativa depois da separação

Fala Campeche

SOCIEDADE Amigos do Campeche faz 36 anos e busca novos sócios

Vida & Saúde

FARMÁCIA Campeche chega aos 21 anos com fama de ‘preço justo”

Casa & Obra

ABRA, lotes prontos para construir em área nobre do Campeche

Planta & Jardim

TELHADOS verdes são uma aposta elegante, saudável e ecológica

Bichos & Cia

PLANETA Animal completa 11 anos e inaugura segunda loja na região

Letras & Livros

ESCRITORA gaúcha brinda leitores com delicado livro de crônicas

Agenda

CONFIRA capa da edição 153 do Jornal do Campeche e Sul da Ilha

Só Riso

UM BURRO morreu em frente à igreja. Passaram-se vários dias e…

Sabor & Arte

DI ROMA PIZZA festeja sucesso no Campeche e já promove inovações

Moda & Estilo

CAIÇARA, nova alternativa em moda praia e fitness no Campeche

Esporte & Ação

NOAH SURFBOARD, novo endereço para atletas e fãs da moda surfe

Nosso Dinheiro

ESPECIALISTA em contabilidade no Sul, BUCHNER chega aos 20 anos

Planeta Ecologia

BUFFET de orgânicos do Mercado Sehat está de volta no Campeche

Tecnologia

CUPINSECT garante combate sem tréguas ao devorador da madeira

Carro & Mercado

PIONEIRA em parabrisas na capital, Casa dos Parabrisas aposta no Sul