TEMPORADA termina sem empolgar na capital e praias do Sul da Ilha

se encerra com um misto de frustração e preocupação para a maioria dos empreendedores da capital. A projeção de uma temporada gloriosa no litoral catarinense feito pelos órgãos estaduais, com crescimento de 20% no número de visitantes sobre o verão anterior, ficou muito longe da realidade. “Em termos de clima foi muito bom, mas em termos de movimento foi fraco o tempo todo”, assinala o comerciante Arante Monteiro Filho, dono de conhecido restaurante no Sul da Ilha. Monteiro conta que o sistema de buffet do restaurante, que todos os anos funcionava diariamente durante a temporada, neste foi ativado apenas aos finais de semana, para ‘não estragar comida”. O comerciante estima redução no número de turistas de todos os  polos emissores, principalmente paulistas e gaúchos. Os argentinos, normalmente apontados como ‘a salvação da lavoura’, também vieram em menor número e estão ainda mais comedidos nas despesas. “Eles vieram para passear, não para gastar”. Com predomínio de turistas mais econômicos, que priorizaram compras em supermercados aos gastos em bares e restaurantes, esta vem sendo considerada ‘a temporada da farofa’ pelos comerciantes e prestadores de serviço em geral. “Vi argentinos jantando e tomando café da manhã no próprio carro”, relata. “Pela primeira vez na vida vi uma família inteira fazendo churrasco na praia do Campeche, com cachorro e tudo”, comentou um prestador de serviço local. Poucos segmentos tem motivos para comemorar. Possivelmente, os supermercados foram os únicos que conseguiram fazer ‘gordura’. No ramo de locação de imóveis e hotelaria, a temporada também foi considerada decepcionante. Depois da virada do ano, sobraram casas, apartamentos e muitas acomodações no Campeche e Sul da Ilha. “Foi uma das piores temporadas dos últimos anos”, comentou a corretora de imóveis Nágila Muller, especializada em locação de veraneio no Campeche e região. Além da crise, a maioria culpa também o governo pela temporada decepcionante, porque ‘venderam a ilusão de uma temporada espetacular” nas previsões. Diante deste cenário, muitos teriam ‘crescido o olho’ nos preços de locação, afugentando turistas e contribuindo para o prejuízo geral da temporada. Até o Reveillon e a primeira quinzena de janeiro, que normalmente alavancam a rentabilidade da temporada, neste ano foram frustrantes para a maioria dos bares e restaurantes da capital. “Todos os anos é isso, eles iludem todo mundo com números otimistas e nós é que ficamos com o prejuízo”, comentou Monteiro.  “Tá na hora do governo repensar seus órgãos de turismo, são sempre as mesmas pessoas, as mesmas ideias; precisamos de inovação”, opina. Depois da decepção, resta agora a preocupação para todos, porque a temporada é historicamente um período em que a maioria armazena gordura para enfrentar os períodos mais magros da baixa temporada. (Foto: Milton Ostetto/Divulgação/JC)    

GEAN inicia gestão com polêmico pacote de medidas econômicas

PLANO diretor da capital enfrenta novas pressões por mudanças

SUL DA ILHA retoma mobilização e rechaça intervenções no projeto

ESGOTO irregular avança e ameaça balneabilidade de praias do Sul

PRÉDIO inacabado de posto de saúde vira alvo de vandalismo

OBRAS de revitalização da Lagoa da Chica entram na reta final

Radar

IMPASSE sobre desapropriações pode paralisar obra de elevado

Vitrine

ESCOLA de idiomas pioneira no ensino de inglês para aviação

Artigos

Tributação imobiliária x Planta Genérica de Valores: cuidado!

Fala Campeche

LEITOR rejeita projeto de emissário submarino de esgoto no bairro

Vida & Saúde

FARMÁCIA Campeche faz 20 anos e consolida liderança na região

Casa & Obra

DICAS para renovar a pintura e transformar a casa, sem mistérios

Planta & Jardim

TELHADOS verdes são uma aposta elegante, saudável e ecológica

Bichos & Cia

PETS: especialista explica peculiaridades de cada raça

Letras & Livros

ESCRITORA gaúcha brinda leitores com delicado livro de crônicas

Agenda

CONFIRA capa da edição impressa Nº 147, do Jornal do Campeche

Só Riso

O BARBEIRO, o florista, o padeiro e a generosidade de nossos políticos

Sabor & Arte

BOTECO gastronômico mais famoso do Sul completa 28 anos

Moda & Estilo

PIONEIRA na Costa Leste-Sul, Óticas Catarina chega aos 15 anos

Esporte & Ação

NOAH SURFBOARD, novo endereço para atletas e fãs da moda surfe

Planeta Ecologia

MINHOCÁRIO caseiro reduz em até 70% produção de lixo doméstico

Tecnologia

CUPINSECT garante combate sem tréguas ao devorador da madeira